Derrotado no final

Foto: Luana Lemke / Multimídia Comunicação
Foto: Luana Lemke / Multimídia Comunicação

Por Emerson Gonçalves 

Com muito calor, o estádio da Ressacada, no bairro Carianos em Florianópolis, foi palco de um jogo de contornos dramáticos na trajetória do Juventus no campeonato catarinense de 2020. Depois do empate sem gols em casa contra o Concórdia, o “moleque travesso” sabia que precisava pelo menos somar um ponto para chegar na última rodada da primeira fase mais tranquilo. No entanto no jogo quem saiu na frente foi o Avaí, o atacante Rildo levou a bola com o braço, a arbitragem não viu e ele colocou o Avaí na frente. O Juventus não se abateu e continuou buscando o gol adversário e chegou ao empate com Mikael aos 47 minutos do primeiro tempo. No segundo tempo o lance que começou a decretar a derrota do Juventus se deu aos 40 minutos, quando o volante Ronald tomou o segundo amarelo e foi expulso de campo. Sob intenso calor, com um homem a menos, foi questão de tempo para que o “moleque travesso” acabasse tomando o gol. E o segundo do Avaí veio no finalzinho da partida, aos 46 minutos com o jovem meia atacante Da Silva que dominou a bola na área e chutou na saída do goleiro Assis para decretar a derrota do Juventus em Florianópolis. O Juventus permanece com oito pontos e enfrentará o Marcílio Dias em casa no João Marcatto no próximo domingo (15).  Juventus com oito pontos, Chapecoense com sete, Concórdia e Tubarão com seis pontos, vão para a última rodada brigando pelas duas últimas vagas que restam para as quartas de final. Para não ficar nas duas últimas colocações e escapar do duelo do rebaixamento, o Juventus precisa vencer o Marcílio Dias na última rodada. Caso empate, terá de torcer para a derrota do Concórdia que joga com o Avaí e um empate entre Tubarão e Chapecoense. A última rodada da primeira fase do campeonato catarinense terá os cinco jogos no domingo (15) as quatro horas da tarde.