Virada para subir na classificação

Fabinho autor de dois gols do Juventus (crédito da foto Arthur Netto)
Fabinho autor de dois gols do Juventus (crédito da foto Arthur Netto)

Por Emerson Gonçalves

Numa tarde de temperatura alta e sol forte Juventus e Criciúma fizeram até agora o jogo com o maior número de gols da série A do Catarinense deste ano, foram cinco gols para um campeonato que tinha até então a média de um gol por partida. Mas quem começou melhor no jogo foi o tigre do sul do estado, o jogador Rodrigo aos nove do primeiro tempo aproveitou-se da falha do goleiro do Juventus para fazer um a zero para o Criciúma. O Juventus bem que tentou o empate ainda na primeira etapa, mas ela terminou com a vitória parcial do Criciúma. No segundo tempo o técnico Jorginho fez algumas mexidas e aos dezesseis minutos do segundo tempo Denner de pênalti deixou tudo igual no João Marcatto. A torcida então jogou junto com o time e empurrou o Moleque para a virada que veio com Fabinho aos vinte e quatro minutos, mesmo de baixa estatura ele fez o gol de cabeça.O técnico Roberto Cavalo do Criciúma chamou então a jóia da base, João Carlos que aos trinta e cinco minutos empatou o jogo.
Quando tudo indicava o empate, a arbitragem marcou mais um pênalti para o Juventus, que de novo Fabinho fez o gol da vitória do Juventus aos cinquenta minutos do segundo tempo. Com a vitória o Juventus divide provisoriamente a ponta da tabela da série A do Catarinense com 4 pontos com o Figueirense. Ainda hoje a noite tem Brusque e Joinville e amanhã (26) jogam Avaí e Marcílio Dias para fechar a segunda rodada. O Juventus volta a campo na próxima quarta (29) a noite, para enfrentar a Chapecoense no oeste catarinense.