Pagamento à empreiteira é negado pela Câmara

WhatsApp Image 2018-11-06 at 20.51.37

Foto: Emerson Gonçalves/RBN

Obra concluída em fevereiro de 2017, a pavimentação asfáltica das ruas Helmuth Manske e Augusto Schwarz, que ligam os bairros Amizade e Três Rios do Norte numa extensão de 2.684,37 metros, voltou a ser o centro das atenções na Câmara Municipal na sessão de ontem (06). O motivo é que o Governo do Estado não honrou com a sua parte no pagamento dos custos e a empreiteira que executou a obra, a Infrasul, moveu uma ação judicial administrativa contra a Prefeitura de Jaraguá do Sul cobrando o devido valor.

A Prefeitura então encaminhou o Projeto de Lei Ordinária 257/2018, para que os vereadores aprovassem o pagamento aditivo no valor de R$400.247,03 (Quatrocentos mil, duzentos e quarenta e sete reais e três centavos). Pela liderança do governo municipal, o vereador Pedro Garcia (MDB) defendeu a aprovação do projeto, afirmando que a Prefeitura não pode dar um calote na empreiteira. Já o vereador Celestino Klinkoski (PP) destacou o parecer da assessoria jurídica da Câmara de Jaraguá do Sul que indicou a rejeição do projeto.

Em votação o projeto foi rejeitado por cinco votos a quatro. Votaram favoravelmente, ou seja, autorizando a Prefeitura a pagar a empreiteira: Eugênio Juraszek (PP), Jaime Negherbon (MDB), Marcelindo Gruner (PTB) e Pedro Garcia (MDB). Negando o pagamento votaram os vereadores: Ademar Winter (PSDB), Arlindo Rincos (PSD), Celestino Klinkoski (PP), Jackson Avila (MDB) e Ronaldo “Magal” (PSD). O vereador Isair “Dico” Moser (PSDB) se abseve de votar.

Ouça as entrevistas com os vereadores Celestino Klinkoski (PP) e Pedro Garcia (MDB):