Finalizada a primeira etapa da escultura “Cordeiro de Deus”

212daae5-bb77-4a49-8bf5-431c296c30e2

A primeira etapa da escultura gigante denominada “Cordeiro de Deus”, novidade da 4ª Osterpark (Parque da Páscoa), que acontecerá de 7 de março a 5 de abril, no Parque Municipal de Eventos, foi concluída no último fim de semana. Criação do artista plástico Romeu Viana, a obra feita a partir de sucatas de ferro reciclável mede 5,5m de altura por 5m de largura e 3m de profundidade. De confecção coletiva, prevê o preenchimento com arames e a aplicação das fibras de estofados em formato de rosetas, que irão simbolizar a pelagem do cordeiro. Nesse segundo momento, o desafio agora é buscar o apoio do voluntariado na confecção das rosetas, que ficará a cargo das integrantes dos clubes de mães, voluntários da WEG e da comunidade. A terceira e última etapa será a aplicação das flores no Cordeiro.A proposta de inserir o “Cordeiro de Deus” na 4ª edição da Osterpark partiu de integrantes da Associação dos Clubes de Mães, artistas locais e de grupo da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Inovação (Sedein). Conta com apoio do Grupo de Turismo Religioso de Jaraguá do Sul e de empresas parceiras na doação de matéria-prima à obra, como WEG, Sol Paragliders, Toldos Figueira e Estofados Jardim, em resíduos de ferros, tecidos, toldos e mantas.

Amor à arte supera dificuldades

O artista Romeu Viana (na foto ao lado) segue se dedicando na confecção da escultura Cordeiro de Deus. Após a finalização da estrutura de ferro, está em andamento o processo de pintura e a colocação da tela de arame fino, que posteriormente receberá as rosetas de fibras de estofados. Ele faz questão de agradecer as doações e o apoio recebido. Reconhece que apesar do empenho, a instabilidade climática tem dificultado em alguns momentos, com dias intercalados de sol escaldante, ou chuva persistente. Explica que o primeiro passo foi escolher os metais que poderiam ser aproveitados e, na sequência, cortar e  soldar. “Agora vamos telar o cordeiro, para depois fazer os detalhes, da ornamentação,  pelagem, da decoração. Temos o prazo de entregar até o dia 7. É aquela corrida contra o tempo”, reconhece Romeu. Verenis da Silva atua como voluntária desde o início do projeto Cordeiro de Deus. “É grandioso ver o resultado, a satisfação das pessoas olhando, o encantamento delas. Começou com um monte de ferros, e de repente toda essa estrutura. É encantador, maravilhoso”.  Ela destaca também a iniciativa da Prefeitura, de resgatar “a religiosidade, o verdadeiro sentido  da Páscoa”.

Osterpark

A Osterpark foi idealizada pela Associação dos Clubes de Mães de Jaraguá do Sul, inspirada na Osterfest de Pomerode, para apoiar, valorizar e preservar as tradições culturais trazidas pelos imigrantes alemães, no resgate  ao modo de vida, hábitos e costumes dos colonizadores. Visa valorizar os artesãos locais, incentivar a geração de emprego e renda, fomentar o microempreendedorismo e o empreendedorismo individual. Apresentações culturais, recreação infantil, Osterbaum (Árvore da Páscoa), a diversificada gastronomia e a comercialização de artesanato e antiguidades estão entre as atrações paralelas.

Fonte: Prefeitura de Jaraguá do Sul/RBN 94,3