Morre a pessoa mais velha da América do Sul

19945169

Morreu hoje (23), de causas naturais, a pessoa mais velha da América do Sul.

A jaraguaense Álida Victoria Grubba Rudge, tinha 113 anos de idade, completados no dia 10 de julho de 2016. Ela morava no centro de Jaraguá do Sul, em um casarão na rua Epitácio Pessoa.

Filha de Bernardo Grubba e Maria Moser, Álida nasceu em 10 de julho de 1903, sendo a segunda mais velha entre seis irmãos. Álida se casou com o paulista Manoel Rudge, com quem teve um filho, o coronel reformando do Exército Adhemar Rudge, de 89 anos, que hoje mora em São Paulo.

Segundo instituto americano, ela era considerada  a pessoa mais velha da América do Sul e a 18ª de todo o mundo.

Foto: Maykon Lammerhirt / Agencia RBS