Proerd realiza formatura nesta quinta-feira em Corupá

2350133

O Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd), aplicado  em parceria entre o 14º Batalhão do Polícia Militar e a Prefeitura de Corupá, realiza nesta quinta-feira (6), às 19h30, no Ginásio Willy Germano Gessner, em Corupá, a formatura de 416 alunos. A cerimônia de formatura contará com a presença de estudantes dos segundos e quintos anos das escolas municipais, pais, professores, diretores e autoridades municipais.

Segundo o instrutor do Proerd, sargento Luiz Carlos Massaneiro, o objetivo do programa é eliminar o uso de álcool, cigarro e outras drogas pelos jovens e também orientar sobre o comportamento evitando a violência entre as crianças. O programa trabalha com o apoio de três bases: a escola, a família e a Polícia Militar.

A secretária de Educação e Cultura Rosane Martini Berti, destaca a importância do Proerd para os alunos e a boa aceitação entre pais e professores, já que o programa auxilia na prevenção ao uso de drogas e violência em casa e nas escolas.

Do total de 416 formandos do Proerd deste ano, 182 são do 2º ano do ensino fundamental e 234 do 5° ano das quatro escolas municipais de Corupá.

Histórico

O Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd) teve início na cidade de Los Angeles, Califórnia nos Estados Unidos, em 1983 e recebeu o nome de D.A.R.E. (Drug Abuse Resistance Education). No ano seguinte, o Proerd começou a ser adotado em outros estados americanos. No Brasil, foi implantado inicialmente no Rio de Janeiro, em 1992.

Em Santa Catarina, o programa chegou em 1998, na cidade de Lages e, logo após, nas cidades de Chapecó e São Miguel do Oeste. Em Jaraguá do Sul, foi implantado pela 14º BPM em 1999. Em 2011, quando o programa chegou ao 13º ano no Estado atingiu a marca histórica de 1 milhão de crianças atendidas.

Com informações da Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Corupá