Caso Luciane: Bombeiros seguem à procura da mulher que desapareceu

Foto redes sociais

Foto: Redes Sociais

O caso da mulher que desapareceu nesta segunda-feira (5), em Jaraguá do Sul, virou o assunto de maior repercussão na cidade. O paradeiro de Luciane Vieira Kochela, 39 anos, ainda é um mistério, apesar das pistas sugerirem que ela entrou no rio Itapocu, local onde os bombeiros voluntários do município continuam os trabalhos de busca nesta tarde de quarta-feira (7).

O carro da mulher foi localizado na rua Afonso Piazera, bairro Amizade, ontem à tarde. Dentro do veículo, a polícia achou roupas supostamente molhadas e o celular de Luciane, que continha uma mensagem de despedida. Luciane tem um filho de seis meses, é casada e tem depressão. No dia em que desapareceu, a mulher foi até o banco e fez um depósito, porém, depois não foi mais vista.

As buscas por Luciane seguirão no dia seguinte, caso ela não seja encontrada até o fim desta tarde, segundo informou o bombeiro Robson.

Clique aqui e faça parte do grupo de WhatsApp da 94,3FM