Bebê é internado no Oeste de SC após colocar pedra de crack na boca

Crack(foto ilustrativa)
Crack(foto ilustrativa)

Um bebê de 11 meses foi encaminhado ao hospital no Oeste catarinense após ter colocado uma pedra de crack na boca. O incidente ocorreu na quinta-feira (3) em Abelardo Luz. A criança passou por um procedimento de lavagem gástrica e seu quadro é estável. Ela continua internada. A polícia investiga o caso e procura pelo pai do bebê, que até agora não foi encontrado. A mãe da menina foi conduzida à delegacia para prestar esclarecimentos e informou à polícia que o companheiro, pai da criança, é usuário de drogas e teria deixado dois pedaços de pedra de crack no banheiro. Em um momento de descuido durante o banho, o bebê colocou a droga na boca. Segundo o que a mãe relatou à polícia, duas horas depois, a criança passou mal e foi levada ao hospital de Abelardo Luz. Ela ainda informou que a filha teria cuspido a droga. O bebê foi transferido em seguida ao Hospital da Criança de Chapecó, também no oeste catarinense. Segundo a unidade de saúde, não é possível confirmar se a criança engoliu a droga. Quando chegou na unidade de saúde às 21h de quinta-feira, a menina aparentava ter passado por uma lavagem gástrica sem auxílio de ventilação mecânica. Material foi coletado para exames. “Cabe salientar que o paciente foi enviado do hospital de Abelardo Luz sem qualquer comunicado médico prévio, sem registro no sistema estadual de regulação, sendo que o hospital de referência para Abelardo Luz é o Hospital São Paulo em Xanxerê”, informou a assessoria do Hospital da Criança em nota. O G1 procurou o Hospital de Abelardo Luz, mas a pessoa responsável não estava disponível para informações. O G1 também não conseguiu contato com as delegacias de Polícia de Abelardo Luz e de Xanxerê para mais detalhes sobre a investigação. Até a manhã desta sexta-feira (4) a polícia ainda procurava pelo pai do bebê para prestar esclarecimentos. A mãe foi encaminhada à delegacia e prestou depoimento.

Fonte: G1-SC