Polícia Civil prende 103 pessoas durante operação em SC

Fotos: Divulgação/Polícia Civil
Fotos: Divulgação/Polícia Civil

A Polícia Civil divulgou nesta quinta-feira, 14, o balanço da Operação Anjos da Lei, deflagrada na quarta-feira, 13, nos três estado do Sul do país. Em Santa Catarina, foram presos 103 adultos e cinco adolescentes foram apreendidos. Também foram recolhidos 70,3 quilos de drogas com os suspeitos.

A operação conjunta dos três estados buscava deter suspeitos de comercializar drogas próximo de escolas. Ao todo, 282 foram presos, além de 34 adolescentes apreendidos.

Em Santa Catarina, o número de presos chega a 103, além de cinco adolescentes apreendidos. Foram expedidos 184 ordem judiciais, destas 72 mandados eram de prisão. O restante dos presos, 36, foram autuados em flagrante.

A polícia também recolheu 20 armas, entre revólveres, pistola e espingardas. Da droga, cerca de 60 quilos eram de maconha e 10 quilos de cocaína.

Participaram da operação 403 policiais civis e foram realizadas abordagens de 212 pessoas suspeitas. O número de cidades envolvidas na ação não foi divulgado.

De acordo com o delegado geral adjunto, Luiz Angelo Moreira, a ação envolvendo os três estados permite o intercâmbio de informações. “A polícia tem sua área de atuação delimitada mas o crime não tem, por isso a importância da troca de informações que a partir de agora será fortalecido com o Programa Anjos de Lei, que será contínuo”, destacou.

A titular da Delegacia Regional de de Joinville, delegada Tania Harada, reforçou a importância da participação da comunidade em denunciar a atuação de traficantes. “Estamos há mais de um ano mapeando os pontos de tráfico com informações que chegam por meio de denúncias feitas nas redes sociais da Delegacia. Em Joinville já estamos trabalhando o esclarecimento de crianças e adolescentes por meio de atividades lúdicas. Temos uma boa parceria com a ADR de Joinville”, observou.

A diretora adjunta da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DEIC), delegada Eliane Chaves, disse que o Divisão Especializada de Combate ao Narcotráfico (Denarc) focou a investigação no entorno das escolas. “Trabalhamos em áreas mais sensíveis, onde identificamos não apenas a presença de traficantes que também os fornecedores droga”. A DEIC ontem apreendeu 10 quilos de cocaína.

Confira novas fotos:

Este slideshow necessita de JavaScript.