Eleição no legislativo guaramirense: vereador confirma que vai renunciar ao cargo nesta quarta-feira(15)

Osni Bylaardt confirmou que renuncia ao cargo nesta quarta-feira(15)
Osni Bylaardt confirmou que renuncia ao cargo nesta quarta-feira(15)

O presidente da Câmara de Vereadores de Guaramirim vai renunciar ao cargo nesta quarta-feira(15). Osni Bylaardt(MDB), confirmou a informação que circulava na cidade há alguns dias. Assim que for entregue o ofício de renúncia, assume como presidente o atual vice, vereador Ramon da Silva Castro(PSD), que tem um prazo de cinco dias para convocar sessão extraordinária parda eleger o novo presidente. O MDB é oposição ao prefeito Luís Antônio Chiodini(PP) e nesta semana, em reunião da executiva, fechou a posição do partido em torno do assunto, definindo a candidatura do vereador Charles Longhi(MDB). No entanto, Osni também confirmou que irá cumprir um acordo firmado com vereadores aliados do prefeito quando ele foi eleito presidente, no início de 2019 e votará no vereador Romeu Butschardt Junior(PP), da base aliada do prefeito.

O vereador Charles, que não teve o apoio de Osni, na disputa da presidência do legislativo guaramirense em 2019, disse que é candidato e manifestou esperança em receber o voto do companheiro de partido. Com o voto do emedebista, o prefeito Chiodini continuará mantendo a Câmara de Vereadores sob comando do seu partido.

Charles Longhi(MDB), será o candidato do partido, mas não terá o apoio do companheiro Osni. Foto: Câmara de Vereadores de Guaramirim
Charles Longhi(MDB), será o candidato do partido, mas não terá o apoio do companheiro Osni. Foto: Câmara de Vereadores de Guaramirim