Figueirense vence o Juventus e abre vantagem nas quartas

orcida do Juventus em placas (Foto: ALE VIANNA/ALTAPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO)

Resumão

O Figueirense largou em vantagem nas quartas de final do Campeonato Catarinense. O Alvinegro venceu o Juventus fora de casa na tarde desta quinta, no João Marcatto. Pedro Lucas e Diego Gonçalves fizeram os gols do visitante, que ainda desperdiçou pênalti com Lucas. Geovane Itinga descontou para o Moleque Travesso. O jogo de volta está marcado para o próximo domingo, às 18h30 (de Brasília), no Orlando Scarpelli. Um empate é suficiente para o Figueirense avançar. Caso o Juventus vença por placar simples, o jogo vai para os pênaltis – não há gol qualificado. Vitória do Moleque Travesso por dois gols dá a vaga para o time de Jaraguá do Sul. O Figueirense dominou o primeiro tempo e conseguiu transformar a dominância em resultado. Com bela trama coletiva, Diego Gonçalves serviu Pedro Lucas, que abriu o placar. Bem encaixada, a dupla Guilherme e Everton ditou o ritmo da etapa. Em bom contra-ataque, Diego Gonçalves ampliou. O técnico Jorginho fez três substituições no intervalo. O Juventus demorou, mas reagiu na partida. Com Denner deslocado para a lateral esquerda, o Moleque Travesso começou a investir por aquele lado. E foi de lá que surgiu o gol. Em cruzamento perfeito de Denner, Itinga subiu entre os marcadores e cabeceou com estilo para diminuir – ele já tinha colocado bola na trave anteriormente. Logo na sequência, Bráulio da Silva Machado marcou pênalti duvidoso para o Figueirense, mas Lucas cobrou mal, e Hudson salvou a equipe do Norte do estado.

O nome alvinegro

Com uma assistência e um gol, o atacante foi o principal nome do Figueirense na partida. Além disso, mostrou muito comprometimento tático para marcar as investidas do Juventus pelo lado direito, com Moser e Marllon. Além disso, foi abusado e deu duas canetas em sequência no volante Allan.

Torcida representada

Sem poder contar com a presença da torcida no João Marcatto por conta da pandemia, o Juventus espalhou placas com fotos dos torcedores nas arquibancadas. Cada placa custou R$ 20 e agora os torcedores receberão o material autografado por um dos jogadores do Moleque Travesso que atuaram na partida.

Fonte: GE/RBN94,3