Golfista, o filho e os enteados morrem em acidente de avião. Esposa pressentiu


O golfista norte-americano Sean Fredrickson morreu no domingo aos 48 anos, vítima de um acidente de aviação. Com ele estava o filho, Hayden, de 16 anos, e os enteados Sofia e Quinn, de 15 e 11 anos, respetivamente. Ninguém sobreviveu.

Em entrevista à People, a esposa de Fredrickson, April Fredrickson, contou que pressentiu a tragédia antes da família entrar no avião.

«Era mais um tipo de brincadeira, mas passou pela minha cabeça. Sempre que envias toda a tua família para alguma coisa meio arriscada, passa-te pela cabeça esse pressentimento de alguma coisa má. E eu meio que lhes dei um abraço, meti-os no avião e comecei a tirar fotos. Era o último abraço», relatou.

«Não fui ao passeio porque estava entediada. Então, resolvi sair para ver se conseguia comprar gelado ou algo assim. Como o meu marido era do golfe, as folgas no verão eram extremamente raras. Então, literalmente, nunca tivemos férias de verão. Estou triste, mas ao mesmo tempo conformada porque eles morreram felizes, num avião, a fazerem algo realmente emocionante para eles», prosseguiu.

Fonte: MaisFutebol