Juventus joga melhor mas sofre derrota

Foto: Arthur Neto

Por Emerson Gonçalves 

Disputado no sábado (08), o clássico do norte catarinense abriu a quinta rodada do campeonato catarinense de futebol. Juventus e Joinville balançaram as redes por cinco vezes. O “Moleque Travesso” abriu o placar aos quinze da primeira etapa com Itinga convertendo o pênalti que resultou também na expulsão de um jogador do Joinville. Até aquele momento quem ditava o ritmo da partida era o Juventus e a torcida após ver o time abrir o placar e ter um jogador a mais via crescer as chances de uma vitória. No entanto o Joinville não se abateu e partiu para cima e não só empatou com Fernandinho aos dezenove, como virou com Lucas de Sá aos vinte e dois minutos. O técnico Jorginho então mexeu na equipe e o Juventus conseguiu empatar com Itinga aos quarenta e um do primeiro tempo. No segundo tempo o melhor jogador da partida, o jovem Fernandinho do Joinville, autor do primeiro gol, escapou entre quatro jogadores do Juventus até ser derrubado próximo a grande área. A arbitragem entendeu que foi já dentro da área e marcou pênalti para o Joinville que foi convertido pelo experiente jogador Édson Ratinho. Com mais duas mexidas, o “Moleque Travesso” praticamente alugou o lado do campo do adversário, no entanto foi desperdiçando chances após chances e o Joinville “catimbando” a partida que após seis minutos de acréscimo terminou em Jaraguá do Sul com a vitória do Joinville que subiu para nove pontos, enquanto o Juventus estacionou nos sete pontos. A próxima partida do Juventus será fora de casa no próximo domingo (16) no vale do Itajaí contra o Brusque.
Após o jogo o técnico Jorginho concedeu entrevista a RBN 94,3 FM e reconheceu a maior competência no jogo por parte do adversário, mas ressaltou que nem tudo está errado no Juventus.