Paratletas jaraguaenses conquistam medalhas em evento nacional


Convocadas para defender a delegação Brasileira nas Paralimpíadas Escolares 2021, no Centro de Treinamento Paradesportivo, em São Paulo, entre os dias 20 e 26 de novembro, Luiza Possamai e Marcelli Vitória Tomazi conquistaram sete medalhas.

Luiza, multicampeã das piscinas, conta com trajetória pela Seleção Brasileira de Paradesporto, em 2019. Nas Paralimpíadas Escolares,  subiu ao pódio em todas as provas que disputou, conquistando cinco medalhas: ouro nos 50 metros borboleta, prata nos 100 metros peito e 100 metros costas, bronze nos 50 metros livres e nos 100 metros livres. 

“São conquistas importantes depois de um período de pandemia com ritmo de treinos reduzido, mas Luiza estava focada em sua última Paralimpíada Escolar, pois completará 18 anos em breve. Além dos treinos pela Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer (Secel),  contou com um acompanhamento importante de treinamento funcional”, explica a técnica Verônica Regina Paul Paciello Matile.

A paratleta Marcélli Vitória Tomazi (14), deficiente visual, pratica dança, equitação, ciclismo, patinação artística e iniciou no atletismo com o professor Wanderlei Augusto Gessner, da Escola Renato Pradi. Entre as conquistas, constam medalha de ouro no salto em distância e prata nos 250 metros.

“É um orgulho para a secretaria que desenvolve o trabalho voluntário com deficientes físicos que querem ingressar no paradesporto. Ver resultados positivos reforça a importância da inclusão e da superação das próprias limitações físicas”, pondera a secretária, Natália Lúcia Petry, que conhece de perto a trajetória das duas paratletas. “As duas dão lição de coragem e superação. Terão muitas conquistas pela frente, não só no esporte, mas na vida. Parabéns às meninas, aos técnicos e aos familiares pelo incentivo ao esporte”, enaltece.