Agulhas e seringas são encontradas junto aos materiais recicláveis em Jaraguá do Sul


Mais uma vez foram encontradas agulhas e seringas de uso doméstico junto aos materiais recicláveis, em Jaraguá do Sul. Em dezembro do ano passado foi registrado caso semelhante. Na tarde de quinta-feira (17), durante a separação de materiais na esteira de uma cooperativa, foram encontradas diversas agulhas e seringas.

A gerente de resíduos sólidos do Samae, Morgana Decker, explica que o risco de acidentes e contaminação para as 120 pessoas das 11 cooperativas que atuam diretamente na coleta seletiva do município, é muito grande. “Em caso de acidente com objeto cortante, dependendo da situação, a pessoa precisa ficar vários dias afastada do trabalho. Quando de perfuração por agulha, é necessário exames e um coquetel de medicamentos contra várias doenças”, diz ela.

A gerente orienta a população para que não misture esse material com os resíduos recicláveis ou mesmo com o lixo doméstico. “O morador deve levar as seringas e agulhas usadas e restos de medicamentos até a Unidade Básica de Saúde (UBS) mais perto da sua residência. Já os resíduos de curativos e máscaras, podem ser descartadas no lixo comum em casa”, explica.