Estacionamento Rotativo: Vereadores sugerem revisão de pontos reclamados


A reportagem da RBN entrou em contato com todos os vereadores de Jaraguá do Sul para ouvi-los sobre o novo estacionamento rotativo. Apenas Osmair Gadotti (MDB) e Jonathan Reinke (PODEMOS) não retornaram os contatos do jornalismo. Ouça no final da matéria todas as manifestações.

O Presidente da Câmara, Jair Pedri (PSD), explicou que o contrato ou a licitação encaminhada não passaram pela Câmara de Vereadores. Segundo ele, a definição dos valores e a forma como é definida a prestação do serviço é uma prerrogativa exclusiva do Executivo. No entanto, salientou que os vereadores poderão debater o assunto na tentativa de minimizar os impactos negativos para usuários e lojistas.

Os demais vereadores reforçaram o que foi afirmado pelo presidente e também salientaram preocupação com o reajuste expressivo que passou de 1 para 2 reais o tempo de 30 minutos. Nina Camello (PP) lembrou da reclamação por parte dos lojistas que foram pegos de surpresa com as novas mudanças. Sirley Shappo (NOVO) e Rodrigo Livramento (NOVO) lamentaram a falta de diálogo do Executivo com o Legislativo, lembrando que pedidos de informações do partido sobre o estacionamento, no ano passado, não foram completamente respondidos. Onésimo Sell (MDB) destacou que vai se reunir com a Diretoria de Trânsito para buscar mais informações. Anderson Kassner (PP) reforçou a informação de que o tema não passou pelo Legislativo.

O Vereador Jeferson Cardozo (PL) foi mais enfático e crítico aos projetos da atual gestão municipal do MDB, que, no entendimento dele, em todos os setores, tem se esforçado para prejudicar a população, citando a saúde, o transporte coletivo e agora “também prejudicando a população no estacionamento rotativo”. Lamentou que “agora, após contrato assinado, pouco se pode fazer”, mas prometeu estimular o debate na Câmara.

Já o líder do governo, Luis Fernando Almeida (MDB), anunciou uma indicação que visa favorecer os moto-fretistas, ampliando tolerância ou criando isenções específicas.  O assunto chegou a ser comentando por alguns vereadores no espaço da palavra livre na sessão de terça-feira (26/04) e no mesmo encontro, a indicação do vereador Almeida, foi aprovada.

A RBN entrou em contato com a CDL, mas a assessoria de imprensa prometeu manifestação sobre o assunto somente depois de uma reunião na prefeitura, marcada para hoje à tarde (26/04)

Jair Pedri (PSD)
Jeferson Cardozo (PL)
Luis Fernando Almeida (MDB)
Nina Camello (PP)
Rodrigo Livramento (NOVO)
Anderson Kassner (PP)