Odontologia a distância: Secretaria de Saúde de Jaraguá do Sul apresenta balanço

Foto: PMJS/Divulgação

A Secretaria de Saúde de Jaraguá do Sul encerrou no início de fevereiro o projeto Odontologia a Distância, que consistiu em telemonitoramento (por telefone) dos pacientes que estavam na fila de odontologia dos postos de saúde e que haviam interrompido o atendimento devido à pandemia. O projeto iniciou em setembro do ano passado, com a ligação de 11 profissionais dentistas da secretaria para 4.258 pacientes. As ligações foram feitas da Central de Orientação sobre o Coronavírus (0800-643-8089), todas gravadas e com tentativas de ligação em quatro horários diferentes, para tentar o contato com o paciente. Do total de 4.258 pacientes, os dentistas conseguiram contato com 55% deles, ou 2.329 pessoas.

Por meio do contato telefônico e perguntas sobre as condições de saúde bucal, 1,27% dos pacientes foram agendados para atendimento de urgência em unidade de saúde. Esse tipo de atendimento – urgência, dor – continua sendo realizado, mesmo no grau gravíssimo em que o município se encontra. Os atendimentos eletivos de odontologia SUS – como uma limpeza, por exemplo – estão suspensos por determinação federal, estadual e municipal. Somente serão retomados a partir da classificação de risco Alto.  

Outros 2,55% dos pacientes procuraram espontaneamente uma unidade de saúde após o contato telefônico, o que demonstrou que o esclarecimento a respeito das unidades abertas e fechadas e o tipo de atendimento odontológico que estava sendo realizado, facilitou a busca por um dentista da rede municipal de saúde. “A maior parte dos pacientes agradeceu o contato do dentista e se sentiu valorizado, mesmo não tendo o atendimento esperado na unidade, desde o início da pandemia, em março de 2020. A partir da ligação, os 11 dentistas envolvidos no projeto puderam avaliar individualmente a situação odontológica do paciente e fazer o encaminhamento, quando necessário”, explica a supervisora técnica de Saúde Bucal, Cintia Silveira Gargioni.

O projeto foi finalizado no início desse mês, porque a fila de pacientes que aguardavam atendimento de odontologia SUS foi zerada. A partir de agora, o atendimento – de emergência, como dor, queda de restauração – é feito por demanda espontânea, ou seja, o paciente com uma emergência odontológica vai até a unidade de saúde mais próxima e é atendido no mesmo dia, dependendo da demanda do posto. Para ter informações atualizadas sobre quais unidades de saúde estão atendendo, basta ligar para a Central de Orientação, 0800-643-8089, das 7h30 às 18 horas, todos os dias, inclusive domingos e feriados.

Profissionais envolvidos no projeto

A Secretaria de Saúde agradece o empenho e dedicação de todos os profissionais envolvidos no projeto de Odontologia a Distância, que aconteceu de setembro do ano passado até fevereiro deste ano.
-Cintia Silveira Gargioni – coordenação
-Tânia Hoffmann – planejamento/administrativo
-Amanda C. Rocha – cirurgiã-dentista
-Andrea M. Rocha – cirurgiã-dentista
-Carla H. Shulze – cirurgiã-dentista
-Cesar Pompeu –  cirurgião-dentista
-Dnyelson S. Silva –  cirurgião-dentista
-Giancarlo Canei –  cirurgião-dentista
-Marcelo J. Justo –  cirurgião-dentista
-Patricia Paes – cirurgiã-dentista
-Karla V. Pamplona – cirurgiã-dentista
-Thais M. Pereira – cirurgiã-dentista
-Wilson Grubba Moreira – cirurgião-dentista