Primeiro caso de reinfecção por coronavírus é confirmado em Santa Catarina


A Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive) confirmou nesta terça-feira (6) o primeiro caso de reinfecção por coronavírus em Santa Catarina. O paciente é um morador de Lages, na Serra, de 30 anos, sem histórico de viagem. Primeiramente, ele teve a versão mais comum do vírus e, depois, a variante brasileira, identificada originalmente em Manaus.

O caso de reinfecção foi confirmado laboratorialmente em 31 de março pela Fundação Oswaldo Cruz do Rio de Janeiro, laboratório de referência para Santa Catarina para o Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen)

O paciente foi infectado pela primeira vez em setembro de 2020 com a linhagem B.1.1.28, considerada pela Dive como mais comum. Depois, foi contaminado com a variante brasileira em fevereiro deste ano. Conforme a Dive, quando foi infectado pela primeira vez, o paciente não teve sintomas. Da segunda, teve sintomas leves.