RBN inaugura estúdios em Jaraguá e anuncia nova emissora em Itajaí


O ano de 2022 está começando com duas grandes novidades na radiodifusão de Santa Catarina. O mês de janeiro nem terminou e a RBN já anunciou publicamente nesta segunda-feira, 24 de janeiro, a inauguração dos seus novos estúdios e a conquista de mais uma emissora que vai integrar o grupo RBN na cidade de Itajaí. A informação foi compartilhada com os ouvintes da emissora e seguidores das redes sociais, pelo Diretor presidente do grupo, Reali Júnior, no Programa Radar 94.

NOVOS ESTÚDIOS

A primeira novidade é a apresentação dos mais modernos estúdios de rádio de Santa Catarina. Uma reforma completa com remodelação, designer e projeto acústico desenvolvido por uma das principais empresas do ramo no Brasil, com projetos similares já realizados para alguns dos mais importantes grupos de comunicação do país. O trabalho está na reta final.

O mais importante dos novos estúdios da RBN é a qualidade acústica, o espaço e a viabilidade de transmissão com mais qualidade de som e imagem dos programas de jornalismo diários e gravações especiais ou transmissões ao vivo de TV para as redes sociais.

Além disso, o estúdio é temático e pode mudar suas cores, alterando por exemplo, para um ambiente rosa ou azul nos meses de campanha do outubro rosa e novembro azul. Ou verde, no Dia da Árvore. Mas este é só um detalhe. A estrutura permite através de amplas janelas o contato visual externo com a natureza através dos morros da Barra do Rio Molha e a movimentação no trânsito.

E as mudanças vão além do estúdio. No mesmo piso, a nova estrutura de produção da RBN, se utilizando de um projeto arquitetônico que mescla madeira e vidro, também contará com um novo e espaçoso departamento de jornalismo, um moderno estúdio de gravações, sala de equipamentos, sala de monitoramento e departamento administrativo completamente interligados, num ambiente transparente de contato visual entre todos os setores.

NOVA EMISSORA

As novidades da RBN em 2022 não ficaram restritas somente a nova estrutura física do prédio atual. Reali Júnior também anunciou na manhã de hoje a expansão da RBN com a aquisição de uma nova emissora no município de Itajaí, um dos municípios de maior PIB e movimentação econômica de Santa Catarina. As negociações ocorreram durante o mês de janeiro e foram finalizadas no fim de semana.

A Rádio Clube 102,1 FM passa a se integrar a partir de agora ao Grupo RBN, e vai implantar uma programação voltada para os interesses sociais da comunidade local, respeitando seus costumes, sua cultura e acima de tudo, promovendo o crescimento ainda maior da cidade e dos parceiros que fizerem parte deste projeto. A região é promissora e abrange além de Itajaí, cidades importantes como Navegantes, Penha, Balneário Camboriú, Bombinhas, Brusque, Itapema, Meia Praia e tantas outras. Uma região com, seguramente, mais de 2 milhões habitantes, aumentando ainda mais a responsabilidade de quem já faz rádio com muita seriedade e compromisso.

Reali acrescenta que o DNA da RBN será aos poucos percebidos na programação de jornalismo e entretenimento, fomentando o debate, estimulando novas ideias e comunicando com alegria. O empresário da comunicação faz questão de afirmar que acima de tudo é um radialista em sua essência e o rádio precisa cumprir seu papel servindo a sociedade.

PIONEIRISMO E VANGUARDA

A RBN foi a primeira emissora de Jaraguá do Sul a construir um prédio próprio específico para o funcionamento de uma rádio em 1993. O Diretor Presidente, Reali Júnior, com visão de vanguarda, anteviu no início dos anos 90 que a Vila Nova se consolidaria no futuro centro administrativo de Jaraguá do Sul e decidiu que este seria o local para uma sede própria da emissora.

Foi assim que em apenas três anos depois de sua inauguração, a RBN já estava fixada na Vila Nova no primeiro prédio da cidade construído e projetado especialmente para atender o funcionamento de uma emissora de rádio. Arquitetado para este fim, ele continua atendendo as necessidades, mas precisava de adaptações e ajustes em função do avanço fulminante e rápido das novas tecnologias surgidas ao longo dos últimos 30 anos.

Novidades que serviram para fortalecer e impulsionar ainda mais a força do rádio, que no caso da RBN, uma das primeiras emissoras do estado na migração para o FM, também se consolidasse nas redes sociais e agora na ampliação de emissoras, atingindo seguramente um público superior a 3 milhões de habitantes com sinal de qualidade da RBN de Jaraguá do Sul e CLUBE de Itajaí, no Norte, Vale do Itajaí e Litoral norte de Santa Catarina.