Comitiva da Facisc está em missão técnica do projeto DEL Turismo no Rio Grande do Norte


Uma comitiva da Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina (Facisc) está participando de missão técnica para conhecer o projeto DEL Turismo no Rio Grande do Norte.

O diretor de Desenvolvimento Econômico da Associação Empresarial de Schroeder (Acias), Rogério Maldaner, participa da comitiva representando a Facisc, onde é diretor do DEL, e acompanha o grupo que está em missão.

Ele explica que a fase atual do projeto contempla a realização de intercâmbios, uma forma de socializar os conhecimentos e potencializar – na medida que as cidades se inspiram em projetos que já estão acontecendo.

O DEL Turismo é apoiado pelo governo alemão, através do Instituto BBW, aonde a Facisc, junto à Fecomércio do RN, desenvolveram um projeto que proporciona o crescimento de cidades turísticas, com o intuito de melhor estruturá-las, gerar emprego e renda, entre outros.

“Nesta fase, o governo alemão sugeriu que fossem integrados municípios que ainda não têm o DEL Turismo, como uma forma de que eles se sensibilizem para então se estruturarem e, também, buscarem melhorias e ganhos na área econômica”, ressalta Maldaner.

A proposta já teve início em três estados brasileiros: Santa Catarina, Rio Grande do Norte e Rio Grande do Sul. Na primeira fase, 9 municípios brasileiros aderiram: Schroeder, Rio Negrinho, Forquilhinha e Gaspar em SC; no RS, as cidades de Canguçu e Rolante; e no RN, Tibau do Sul, conhecida pela Praia da Pipa, São Miguel do Gostoso e Parnamirim.

Na comitiva liderada pela Facisc estão Balneário Piçarras, Bombinhas e Itá, cidades que já possuem potencial turístico, mas ainda não participam do DEL.

A programação inclui reuniões e visitas técnicas aos três municípios do RN inseridos no projeto. Rogério destaca que as visitas darão a dimensão das mudanças proporcionadas pelas ações estruturadas: consultorias e treinamentos, e o que isso representou de sucesso para a região.

“Com esse apoio, nós recebemos consultorias, treinamentos, tudo para que as cidades possam se desenvolver turisticamente: as pessoas, os restaurantes, os hotéis, as pousadas, de forma que a gente deixe de ter potencial turístico para, com esses atrativos, realmente nos tornarmos um destino turístico”, ressalta o diretor.

DEL em Schroeder

Pela participação da comunidade, do Poder Público, das entidades e dos voluntários que trabalharam nas câmaras técnicas, Schroeder foi reconhecida e, com isso, uma das primeiras a integrar a rede do Del Turismo.

“Graças ao nosso trabalho, eu tive o convite para ser o diretor estadual. Claro que com isso a gente está sempre perto das informações, sempre vamos socializar e trazer todas as informações para a nossa cidade, beneficiando nossos associados, investidores e munícipes com essas ações”, enfatiza.

O DEL possui uma visão ampla, atuando em vários eixos além do turismo: a indústria, o comércio, o desenvolvimento urbano, o desenvolvimento social, o agronegócio, a sustentabilidade, a inovação, energias renováveis, entre outros.

“Depende de cada localidade e do que vê de oportunidade para que as câmaras técnicas façam projetos e, com isso, tragam qualidade de vida e desenvolvimento para a cidade”, revela Maldaner.