Padrasto é suspeito de matar bebê de 10 meses em Erechim

Imagem ilustrativa

Um bebê de 10 meses foi morto em Erechim, no Norte do Rio Grande do Sul, na noite desta quarta-feira (27). O crime ocorreu na rua Delmar Luiz Rigoni, no bairro Aeroporto. O menino tinha ferimentos na cabeça e foi levado à Fundação Hospitalar Santa Terezinha pela mãe, mas não resistiu. A perícia preliminar apontou que o bebê foi morto por asfixia. O suspeito do crime é o padrasto, que prestou depoimento durante a madrugada desta quinta (28) na Delegacia de Pronto Atendimento de Erechim. De acordo com o delegado Germano Alves de Lima, a mãe relatou que saiu de casa para comprar leite e, quando retornou, a criança estava ferida. Ela disse que pediu ajuda na rua e um casal levou a criança até o hospital, mas o menino já estava morto. O padrasto foi preso, autuado em flagrante. No depoimento, não admitiu o crime. Segundo o delegado, os indícios apontam que ele tenha sido o autor.

Fonte: GaúchaZH