PF cumpre mandado de busca e apreensão em Massaranduba


A Operação Esculápio cumpre hoje, 07, 14 mandados de busca e apreensão em endereços localizados nos municípios de Massaranduba, Blumenau, Ibirama, Itapema, Taió, Benedito Novo e Rio dos Cedros. As investigações tiveram início com um relatório de fiscalização elaborado pela Controladoria Geral da União, que identificou indícios de recebimento por serviços não realizados entre uma prefeitura da região Norte e uma entidade de assistência social entre 2014 e 2016.

Segundo a Polícia Federal, a entidade prestaria serviços médicos de clínica geral e ortopedia. No entanto, subcontratou empresas do mesmo grupo econômico, efetuando a cobrança também por atividades de acreditação, fiscalização, consultoria, assessoria, entre outros, com indicativos de não execução.

Prática semelhante também teria ocorrido em convênios firmados pela entidade com outra prefeitura da região no mesmo período de 2014 a 2016. Além disso, um segundo procedimento investigativo, amparado em relatório do Ministério Público de Contas do Estado de Santa Catarina, mostrou indícios de ligação dos envolvidos com outro convênio.

Após análise da prestação de contas de outra entidade de assistência social, responsável pelo fornecimento de serviços médico hospitalares em outro município da região, surgiram indícios de ligação entre os mesmos envolvidos e cobrança por serviços de igual natureza, também com suspeitas de não realização, entre os anos de 2018 e 2020.

Os crimes investigados são peculato e formação de organização criminosa. Já o nome da operação faz alusão ao deus da Medicina e da cura na mitologia greco-romana. ( Fonte: PF e Portal ND Noticias)

MASSARANDUBA

Após a operação desencadeada pela Polícia Federal, a Prefeitura emitiu uma nota oficial já publicada no site do Município:

“Na manhã desta terça-feira, 7 de junho, agentes da Polícia Federal com apoio da Controladoria Geral da União, estiveram no Hospital Municipal João Schreiber, município de Massaranduba, cumprindo o mandado de busca e apreensão de documentos relacionados às prestações de serviços realizadas pela entidade que gerencia o hospital.

 A dita investigação já ocorre desde o ano de 2014 em demais municípios da região.

 O município de Massaranduba está à disposição para colaborar junto aos órgãos de controle, pautados no interesse público.

 Esta administração municipal preza pela transparência e lisura na aplicação dos recursos públicos”.