Antídio sofre derrota interna no MDB. Prévias serão mesmo em 2022


O prefeito de Jaraguá do Sul, Antídio Lunelli, sofreu um revés dentro do MDB durante o encontro e estadual de lideranças nesta segunda-feira (23/08). As prévias do partido não serão realizadas neste ano como ele pretendia e defendeu efusivamente nos encontros regionais pelo estado. A escolha ficou para 15 de fevereiro de 2022. O adiamento atende em parte os interesses do Senador Dário Berger.

No encontro de ontem, além de Antidio e Dario, também esteve presente o terceiro pré-candidato e presidente estadual do MDB, Celso Maldaner.

Os ex-governadores Paulo Afonso Vieira e Eduardo Pinho Moreira, fizeram os pronunciamentos mais fortes, destacando a unidade do partido, independente de quem seja o candidato. Além dos três nomes já postos como pré-candidatos, uma ala forte do partido e a bancada emedebista na Assembleia, defende uma possível filiação do governador Carlos Moisés que, nessa condição, seria o candidato do MDB ao governo do estado.

Nesse caso, rumores internos dão conta de que a mágoa de Antídio seria tão grande que estaria disposto a deixar o MDB para ser candidato ao governo por outro partido, o que já estaria alinhavado com o PODEMOS. A saída de Dário é mais improvável porque poderia ser acalmado com a condição de ser novamente candidato ao Senado. No entanto, ele tem portas abertas para ser candidato ao Governo do Estado pelo PSB.