Vereador fala em CPI do Samae após MP confirmar abertura de inquérito


O Ministério Público confirmou ao gabinete do Vereador Jeferson Cardozo (PSL) a instauração de um inquérito civil, com o número 06.2021.00002056-3, para apurar “suposta prática de atos de improbidade administrativa” com empresa contratada para a prestação de serviço. O procedimento que tramitou inicialmente e sob sigilo, teve essa condição levantada no dia 03 de novembro de 2021. Nesse procedimento já foram realizadas as oitivas de testemunhas, requisição e documentos junto ao SAMAE e confecção, através do GAECO, de dois relatórios sobre o monitoramento de veículos da empresa contratada.

Em outra denúncia sobre serviços cobrados em desacordo com metragem maior com possível envolvimento ser servidores no suposto esquema fraudulento, houve a autuação de Notícia de Fato 01.2021.00028545-1. Sobre esta situação, o MP confirmou que a instauração de Processo Administrativo pelo SAMAE e solicitou cópias de tudo o que foi produzido pela autarquia

E sobre uma terceira denúncia que apontava a entrega de materiais como areia, entre outros, em quantidades menores do que o expedido em notas fiscais, os depoimentos foram juntados ao inquérito civil 06.2021.0002056-3.

O Vereador anunciou na tribuna da Câmara as respostas encaminhadas pelo Ministério Público. Ouça abaixo: