Fila da Saúde: Cirurgias vão receber apenas 1,5% da verba aprovada


Apenas pouco mais de 1% do montante expressivo superior a 10 milhões de reais, aprovado pelos vereadores para os hospitais de Jaraguá do Sul, será usado para desafogar a fila de cirurgias eletivas.

Na sessão de ontem, os vereadores aprovaram um repasse de R$ 10.674.217,26, através do Fundo Municipal de Saúde (FMS), totalizando somente em 2021, um montante de R$ 22 milhões para os dois hospitais de Jaraguá do Sul.

Do total aprovado ontem, apenas 175 mil reais poderão ser usados em cirurgias eletivas. Isso equivale a cerca de 1,5% do montante.

Veja abaixo o total aprovado, quem vai receber e no que será aplicado:

 – R$ 1.981.200,00 – Hospital São José.

Manutenção da Unidade de Apoio ao Pronto Socorro Covid-19 (UAPS);

Pagamento do aluguel do imóvel onde está localizada a Unidade;

Pagamento da folha de pagamento de salários;

Pagamento  dos honorários médicos plantonistas;

Pagamento dos tributos municipais, estaduais e federais;

– Pagamento de serviços terceirizados de higienização, limpeza e lavanderia, entre outras despesas;

– R$ 2.880.000,00 – Hospital São José

Manutenção de dez leitos de UTI Covid-19

– R$ 1.728.000,00 – Hospital Jaraguá

Mais seis leitos de UTI Covid-19 no Hospital Jaraguá.

– R$ 4.085.017,26  – Hospital Jaraguá

R$ 175,2 mil para realização de cirurgias eletivas;

R$ 660 mil para realização de procedimentos ambulatoriais;

R$ 1.227.817,26 para manutenção de serviços de saúde;

R$ 2,022 milhões para auxílio no pagamento de salários dos profissionais dos setores administrativos e apoio ao atendimento dos serviços prestados.