Prefeitura fecha acesso ao Morro das Antenas e ameaça fechar a Via Verde

Foto da prefeitura mostra aglomeração de pessoas no Morro das Antenas, a maioria sem máscara e sem o distanciamento recomendado

Parques e praças foram liberados para uso na semana passada, por meio de portarias emitidas pelo Secretaria de Estado da Saúde, mas é necessário que a população fique atenta para alguns cuidados, evitando-se a transmissão comunitária do Covid-19. As aglomerações são fonte de preocupação constante das autoridades de saúde e principal  forma de contaminação da doença. Apesar de toda a campanha que se vem fazendo em relação à pandemia, o Parque Via Verde e o Morro das Antenas reuniram, no fim de semana, uma concentração razoável de pessoas, o que, neste momento, não é saudável. A informação na prefeitura é de que o acesso ao Morro das Antenas já está fechado. O mesmo deve ocorrer com os parques, caso a utilização não seja considerada saudável. Em transmissão ao vivo na manhã de hoje (27), o secretário de Saúde, Alceu Moretti, lamentou o fato do fim de semana e alertou que as pessoas precisam continuar se cuidando, como fizeram no início da pandemia. A secretária de Cultura, Esporte e Lazer, Cleide Mosca, disse que as restrições em relação ao uso de parques e praças devem ser observadas e respeitadas. Ela atenta para o fato de que as pessoas precisam entender que a prevenção se faz necessária. “Deve-se seguir as recomendações dos órgãos de saúde e evitar aglomerações. Os locais devem ser utilizados respeitando-se o distanciamento recomendado, que é de um metro e meio entre cada pessoa, além do uso de máscara”, pondera. A orientação para quem precisa sair, conforme explicaram os dois secretários são: evitar aglomerações, usar máscara, álcool gel e manter-se a uma distância considerada segura de forma a evitar a contaminação. As medidas evitarão o colapso no sistema de saúde e mortes por causa da infecção. Desta forma, a curva da doença não se elevará tão abruptamente, permitindo atendimento adequado a todos os que adoecerem por causa do vírus, que tem facilidade de propagação e pode levar à morte.

Fonte: Prefeitura de Jaraguá do Sul